terça-feira, 30 de agosto de 2011

Palavra de Prenda

Vamos conhecer hoje a trajetória tradicionalista de Taiani Gaier, que representa o CFTG Farroupilha - 3ª RT como 1ª Prenda Juvenil 2011/2012.

Taiani Gaier

"Tudo começou quando eu tinha 6 anos de idade, pela convivência com meus tios que sempre honraram a tradição e pelo apoio e influencia de meus pais resolvi participar do grupo de danças de minha entidade (C.F.T.G. Farroupilha), e naquele grupo conquistei amigos e muitos títulos... Nós íamos a várias cidades, a muitas entidades e nessas viagens eu tinha uma grande admiração em ver concursos de declamação e várias outras categorias... Na época eu era da Invernada Artística Dente de Leite e em minha invernada haviam 3 prendinhas de faixa, e eu sempre pedindo para um dia colocar as faixas delas... Com o passar de 1 ano vi que eu gostaria de conquistar a minha faixa. Minha mãe me apoiou nisso e eu estava feliz, simplesmente ansiosa. Depois de alguns messes de preparo eu conquistei minha 1ª faixa, como: 1ª Prenda Dente de Leite. Meu grande sonho foi realizado, mas eu tinha outro, era de ser Prenda de minha região tradicionalista (3ª RT). Bom eu concorri e não obtive título. Eu era apenas uma criança para suportar a perda e desisti tão nova, com apenas 8 anos. Dei continuidade à invernada, mas por 1 ano e poucos messes.. Ao completar 10 anos voltei, mas as invernadas tinham simplesmente acabado, só restou uma juvenil. Eu era nova demais e não conseguia desenvolver as danças, então desisti e me afastei da entidade...
O tempo passou e fui a Semana Farroupilha 2010, vi os velhos amigos, bateu uma saudade e uma vontade de voltar! Alguns dias depois ganhei um cavalo, e com ele comecei a gostar de musicas gaúchas novamente e a me relacionar com tradicionalistas... Com influencia de minha amiga eu voltei à invernada, comecei a freqüentar a entidade e assim a minha grande admiração em ser prenda de faixa voltou...
Minha mãe ao notar a minha admiração me incentivou e eu resolvi que no próximo ano iria concorrer na categoria Juvenil. Começamos a ir em eventos regionais e internos.. Às vezes confesso que eu pensava: 'Ai, vai ser impossível'.
Isso pra mim eram coisas novas, porque eu nunca tinha participado com prova escrita e mostra folclórica... Mas eu pensava que o conteúdo era pequeno e que em 1 mês eu fazia tudo isso.. E o tempo passou e eu me interessava tanto, mas meu sonho existia. Eu acha que era fácil e ninguém iria concorrer junto comigo... Mas o tempo passava e estava cada vez mais em cima... 3 meses antes do concurso um amigo me levou livros e várias provas... Eu li e vi que não tinha noção do que eu estava lendo! Me preocupei! Mas essa preocupação durou muito pouco e eu larguei de mão, pois soube que tinha uma outra concorrente e que ela estava estudando há muito tempo.. Bom eu pensei "Esse sonho não vai ser realizado!".1 mês e alguns dias antes do Concurso aconteceu em minha cidade o Concurso Regional e isso me incentivou, vi era mesmo o que eu queria. Comecei a ver poesias e a escolher danças...
Mas isso durou 2 semanas. Então 2 semanas antes do concurso minha mãe procurou uma pessoa que entendesse do assunto para me ensinar..Deixei tudo de lado, larguei tudo para realizar esse sonho! Doei-me, me dediquei e fiz o máximo possível para conseguir! Mas eu não acreditava mais em mim mesma, eram coisas demais para 2 semanas! Eu e minha professora, que foi como um anjo, lutamos contra o tempo... eu não sei como consegui decorar tudo! Mas essas 2 semanas passaram e os grande dias chegaram (06/08, 07/08) e tudo foi lindo!
Na hora do resultado, a ansiedade e o nervosismo bateram...
Anunciaram: 1ª Prenda Juvenil é Taiani Gaier!
Meus olhos brilharam, as lágrimas caíram e eu fiquei muito feliz! Sonho realizado!
Agora sou a 1ª Prenda Juvenil do C.F.T.G. Farroupilha, 2011/2012.
Estou hoje em busca de outro sonho, que é ser Prenda Regional!"

Gestão de Prendas e Peões
do CFTG Farroupilha, 2011/2012

Taiani Gaier, parabéns por ir em busca de seus sonhos. Muitas vezes o caminho é complicado... mas acreditar sempre vale a pena.
Continue lutando, sonhando... e acima de tudo, confie no seu potencial. Com certeza muitas alegrias ainda estão pra vir nesta sua história como tradicionalista. Sucesso sempre!
Grande abraço, e obrigada por compartilhar conosco sua história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário