sexta-feira, 30 de junho de 2017

XII Rodeio Crioulo Estadual do GAN Anita Garibaldi - Programação

O Grupo de Artes Nativas Anita Garibaldi já está com a data e a programação do XII Rodeio Crioulo Estadual definidas!

O evento acontecerá no Parque João Batista Marchese, na cidade de Encantado - 24ª RT, nos dias 17, 18, 19 e 20 de agosto. Já coloca na agenda, tu não podes perder!!!

AS INSCRIÇÕES PARA OS CONCURSOS ARTÍSTICOS 
INICIAM AMANHÃ, DIA 1ª DE JULHO!

Segue programação:


Confirmada realização de Cfor Básico na 24ª RT


A Coordenadoria Regional da 24ª RT acaba de confirmar a realização de um Cfor Básico na região.

O Curso de Formação Tradicionalista acontecerá no dia 03 de setembro de 2017, em local ainda a ser definido, no município de Venâncio Aires.

É importante que tenham 70 inscritos para que o curso aconteça, então ajude a divulgar na tua entidade, se inscreva, participe!!!

As inscrições abrem no dia 25 de julho!

Vamos juntos aprender ainda mais sobre a nossa cultura!

Para Estudar - Questões de Prova - Parte 18


PROVA ESCRITA 48ª CIRANDA CULTURAL DE PRENDAS
CATEGORIA ADULTA – FASE REGIONAL
1ª PARTE: TRADIÇÃO, TRADICIONALISMO E FOLCLORE

01. São consideradas entidades que antecederam ao tradicionalismo organizado (1948), mas contribuíram para a sua formação, EXCETO:
a - União Gaúcha de Pelotas
b - Clube Caixeral de Santa Maria
c - Centro Gaúcho de Bagé
d - Grêmio Gaúcho de Porto Alegre

02. Quanto as Diretrizes para a Pilcha Gaúcha, todas as afirmações abaixo estão corretas, EXCETO:
a - O pala é de uso opcional, deve ter abertura na gola, podendo ser usado no ombro, a meia-espalda, atado da direita para a esquerda, com todos os trajes.
b - As esporas são usadas nas lides campeiras, mas o uso é admissível nas representações coreográficas de danças tradicionais.
c - O uso do colete é dispensável quando o peão usar o paletó. O modelo do colete admite gola, com uma única carreira de botões na frente. Pode ser de qualquer cor.
d - O uso de favos nas bombachas depende da tradição regional, sendo vedada a utilização de bombachas plissadas.

03. A origem da Chama Crioula deu-se no dia 07 de setembro de 1947, no Parque Farroupilha, quando antes da extinção do Fogo Simbólico, foi acesa uma tocha por Paixão Côrtes. Naquele ato, acompanharam Paixão Côrtes dois jovens que conduziram as bandeiras. São eles:
a - Barbosa Lessa e Antônio João de Sá Siqueira
b - Cilço Campos e Fernando Machado Vieira
c - Orlando Jorge Degrazia e Fernando Machado Vieira
d - Cyro Dutra Ferreira e Fernando Machado Vieira

04. Dança de origem da região de imigração italiana e a letra de sua música é cantada em italiano. Estamos nos referindo a:
a - Chote de Quatro Passi
b - Chimarrita
c - Chote Carreirinho
d - Havaneira Marcada

05. Quanto ao Brasão de Armas do Tradicionalismo é correto afirmar:
a - O tronco representa o culto às nossas matas e à natureza do RS
b - O cavalo representa a liberdade e é o traço de união entre os povos
c - O mate simboliza o respeito às gerações
d - A cor azul representa a coerência e a harmonia entre os CTGs

06. "Tem folha mas não é planta, tem capa mas não vai na chuva?"
Podemos afirmar que a citação acima é:
a - Trava língua
b - Adivinha
c - Parlenda
d - Ditado

07. O que se oferece em regozijo à graça alcançada, pode ser sob a forma de quadro, imagem, desenho, escultura, fotografia, peça de roupa, etc. Acha-se geralmente junto as capelas ou lugares considerados sagrados:
a - Cruz Mestra
b - Promessa
c - Mesa dos Inocentes
d - Ex Votos

08. Cláusula pétrea do Estatuto do MTG e tem como um dos seus objetivos: "Promover no meio do nosso povo uma retomada de consciência dos valores morais do gaúcho". Estamos falando do documento:
a - Tese "O Sentido e o Valor do Tradicionalismo"
b - Plano de Vaqueanos
c - Carta de Princípios
d - Tese "O Sentido e o Alcance Social do Tradicionalismo"

09. Conforme a crendice popular, a primeira moça que se banhar com a água do banho da noiva _______________. Complete a frase:
a - Casará em seguida e será muito feliz
b - Choverá no seu casamento
c - Não casará nunca
d - Dará azar a noiva

10. O folguedo Terno de Atiradores é:
a - Uma festa de caráter religioso, que comemora a viagem dos três Reis Magos 
b - A mais importante festa da cristandade
c - Uma manifestação que ocorre na região colonial alemã durante os ciclos natalinos e Ano Novo
d - O culto ao Divino Espírito Santo

11. "Muita gente já viu a casa, mas ninguém conseguiu se aproximar. O local é marcado, mas quando voltam ao local, com outras pessoas e com ferramentas, a casa não está mais lá".
Estamos falando da lenda:
a - A Casa de M'Bororé
b - O Umbu
c - Mulita
d - Angoera

12. A haste, ponteira e coador são partes da:
a - Cuia
b - Bomba
c - Cambona
d - Chaleira

13. Em 24 de abril de 1948, funda-se o 35 CTG. Sobre ele é correto afirmar:
a - Seu primeiro Patrão foi Cyro Dutra Ferreira
b - Desde a primeira reunião houve participação da mulher
c - Sua fundação foi antes do Grêmio Gaúcho de Porto Alegre
d - A sede inicial foi no porão da família Simch

14. O italiano não dispensa o vinho às refeições e da uva, também fez a sua aguardente típica, chamada:
a - Licor
b - Cachacinha
c - Graspa
d - Pinga

15. Considerado um dos eventos oficiais do MTG, tem como objetivo aprovar, alterar e reformar o Regulamento Geral do MTG, Códigos e demais Regulamentos. Estamos falando:
a - Do Congresso Tradicionalista
b - Da Ciranda Cultural de Prendas
c - Da Convenção Tradicionalista
d - Do Encontro de Arte e Tradição Gaúcha

2ª PARTE: HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO SUL E DO BRASIL

16. O hábito de cortar as falanges dos dedos das mulheres, como sinal de luto, era comum entre os índios:
a - Botocudos
b - Guaranis
c - Gês
d - Pampeanos

17. Em relação a história dos Sete Povos das Missões, todas as afirmativas abaixo estão corretas, EXCETO:
a - Os jesuítas, em 1697, "esconderam" parte do gado nos Campos de Cima da Serra, formando a Vacaria dos Pinhais
b - O Padre Antonio Sepp fundou a missão de São João Batista em 1697
c - Tiveram início em 1624, com a criação da redução de São Nicolau, e por conseguinte, São Luis Gonzaga, São Lourenço Mártir, São Miguel Arcanjo, São Nicolau, São João Batista e Santo Ângelo
d - As ruínas de São Miguel Arcanjo são reconhecidas como Patrimônio da Humanidade deste 1983

18. O forte Jesus-Maria-José criado pelos portugueses, no território do Rio Grande do Sul, deu origem a atual cidade de:
a - Rio Grande
b - Pelotas
c - Porto Alegre
d - Caçapava

19. Sobre o Tropeirismo no RS podemos afirmar:
a - O "caminho da serra" foi aberto pelos italianos, os quais passaram a utilizá-la apenas para enviar mulas para a feira de Sorocaba em São Paulo
b - A contribuição dos Tropeiros se deu apenas com o transporte de mulas e gado do sul para o centro e norte do Brasil
c - O "caminho da praia" se estendia desde Montevidéu, seguia pelo litoral e se dirigia a Curitiba
d - Fomentou a extração de pedras preciosas no RS

20. Os nomes farrapos e farroupilhas, largamente usados no decênio heroico de 1835/1845, conforme os jornais da época, significavam:
a - Tropas esfarrapadas
b - Pessoas pobres
c - Federalistas exaltados
d - Federalistas moderados ou reprimidos

21. A lei 5.213/66 oficializou as "Armas do Estado do Rio Grande do Sul" como símbolo do nosso Estado. O brasão atual deriva dos brasões históricos de:
a - Bernardo Tavares e Graciliano Matos
b - Bernardo Pires e Mariano de Mattos
c - Mariano Pires e Bernardo Bernardes
d - Antônio Corte Real e Francisco Pinto da Fontoura

22. As charqueadas no Rio Grande do Sul utilizavam predominantemente a mão de obra:
a - Negra escrava
b - Portuguesa, já que não havia imigrantes italianos na época
c - Indígena, pois eram os únicos que dominavam o trabalho com o gado
d - Escrava, no princípio, após 1897, passou-se a utilizar a mão de obra indígena em grande escala

23. O Tratado de Santo Ildefonso, feito entre Portugal e Espanha, previu a criação de uma zona neutra, os "Campos Neutrais". Nesta zona neutra:
a - Nenhuma das nações poderia construir fortificações, edificações ou instalar vilarejos
b - Seria construída uma fortificação destinada ao treinamento do exército português
c - Seria construída uma casa para hospedar imigrantes vindos da Europa
d - Construíram um forte para controlar a passagem das tropas de mulas vindas de Cruz Alta

24. A Revolução Federalista no RS, que colocou em confronto os Maragatos e os Pica-Paus aconteceu no período em que _________________ era Presidente do Estado.
a - Borges de Medeiros
b - Julio de Castilhos
c - Gaspar Martins
d - Osvaldo Aranha

25. Na data de 07/11/1923, em Pedras Altas, foi assinada a paz da Revolução Assisista, com a seguinte condição:
a - Nomeação da Comissão de Constituição de Poderes
b - Extinção do Partido Libertador e criação da Aliança Democrática
c - Borges de Madeiros não deveria mais concorrer à Presidência do Estado, indicando um candidato neutro
d - Aprovação de empréstimos para a compra de rebanhos

3ª PARTE: GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL

26. São afluentes da margem esquerda do Rio Uruguai:
a - Passo Fundo, Ijuí, Ibicuí
b - Turuçu, Camaquã, Jacuí
c - Jacuí, Ibicuí, Quaraí
d - Guaíba, Passo Fundo, Piratini

27. O clima predominante no Rio Grande do Sul é subtropical úmido. Das afirmações abaixo uma NÃO está correta:
a - Na região do pampa a temperatura média é inferior a 18º C
b - O clima do Rio Grande do Sul tem invernos moderadamente frios e verões quentes
c - O Rio Grande do Sul apresenta características iguais ao clima no resto do Brasil
d - Na região lagunas, as chuvas são escassas

28. O setor automotivo responde por 13% do PIB industrial gaúcho. Hoje, o RS produz cerca de 70% das colheitadeiras e mais de 50% dos ônibus e tratores brasileiros. As regiões responsáveis por esta produção, em larga escala, são:
a - Grande Porto Alegre e Depressão Central
b - Região da Serra e Campanha Gaúcha
c - Região da Serra e Grande Porto Alegre
d - Região Nordeste e Fronteira Sul

29. O ponto mais alto do Rio Grande do Sul está localizado próximo da Serra Geral. Qual o seu nome e onde está localizado?
a - Pico do Realengo, Cambará do Sul
b - Pico da Neblina, São Francisco de Paula
c - Morro do Osso, Porto Alegre
d - Pico do Monte Negro, São José dos Ausentes

30. No mapa abaixo, a parte pintada em verde corresponde a que parte de nosso relevo?


a - Depressão Central
b - Planalto Meridional
c - Escudo Sul-Rio-Grandense
d - Planície Costeira

Gabarito
1 - b, 2 - c, 3 - d, 4 - a, 5 - b, 6 - b, 7 - d, 8 - c, 9 - a, 10 - c, 11 - a, 12 - b, 13 - d, 14 - c, 15 - c, 16 - d, 17 - c, 18 - a, 19 - c, 20 - c, 21 - b, 22 - a, 23 - a, 24 - b, 25 - c, 26 - a, 27 - c, 28 - c, 29 - d, 30 - b

Invernada Juvenil do CTG Erva Mate convida para Pré-Estreia

O CTG Erva Mate, da cidade de Venâncio Aires - 24ª RT, convida para o almoço de Pré-Estreia da Invernada Juvenil para o JUVENART 2017, que será realizado no dia 16 de julho, a partir das 10h30min.

O evento será realizado na Comunidade São Lucas, Bairro Aviação, em Venâncio Aires e os cartões devem ser adquiridos antecipadamente com os Integrantes da Invernada.

Serão servidos churrasco, massa com molho, aipim com farofa, arroz, maionese e saladas diversas ao valor de R$ 22,00.

Participe!!!

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Rodeio Artístico do CTG Paixão Côrtes acontece neste domingo

O CTG Paixão Côrtes, da cidade de Nova Bréscia - 24ª RT, realiza neste domingo o IX Rodeio Artístico da entidade com as modalidades de Danças Tradicionais, Declamação, Chula, e Intérprete Vocal e Gaita.


A ordem de apresentação das Danças Tradicionais tu encontras aqui!

1 - CTG Rodeio da Querência - Frederico Westphalen - Mirim
2 - CTG Argemiro Martins Pinto - Soledade - Mirim
3 - CTG Porteira da Amizade - Relvado - Juvenil, Adulta
4 - CTG Querência do Herval - São José do Herval - Juvenil
5 - CTG Querência Xucra - Putinga - Mirim
6 - CTG Fagundes dos Reis - Passo Fundo - Pré-Mirim, Mirim, Juvenil, Adulto, Xirú
7 - CTG Caminhos da Serra - Marques de Souza - Pré-Mirim, Mirim
8 - CTG Querência do Mate - Ilópolis - Mirim, Adulta
9 - GAN Vaqueanos da Cultura - Soledade - Juvenil, Adulta
10 - CTG Giuseppe Garibaldi - Encantado - Pré-mirim, Mirim, Xirú
11 - CTG Paisanos da Tradição - Bento Gonçalves - Xirú
12 - CTG Sinuelo da Serra - Serrafina Corrêa - Mirim, Juvenil
13 - CTG Última Tropeada - Guaporé - Pré-Mirim, Mirim, Juvenil, Adulto, Xirú
14 - CTG Sinuelo - Canguçu - Mirim, Juvenil, Xirú
15 - CTG Estância do Chimarrão - Cachoeira do Sul - Juvenil
16 - CTG Sinuelo da Liberdade - Encruzilhada do Sul - Adulta
17 - CTG Gaudério Serrano - Bento Gonçalves - Pré-Mirim, Juvenil
18 - CTG Osório de Assis - Fontoura Xavier - Mirim, Adulta
19 - CTG Rincão da Roça Reúna - Veranópolis - Mirim
20 - GAN Anita Garibaldi - Encantado - Pré-Mirim, Mirim, Juvenil, Xirú
21 - CTG Trilha Serrana - Carlos Barbosa - Juvenil, Xirú
22 - CTG Sentinela da Serra - Garibaldi - Xiru
23 - CTG Pelego Branco - Taquari - Adulta
24 - CTG Aldeia Farroupilha - Farroupilha - Mirim
25 - DTG Piazito da Tradição - Venâncio Aires - Adulta
26 - CTG Querência da Amizade - Bom Retiro do Sul - Adulta
27 - DTG Leão da Serra - São Leopoldo - Mirim, Juvenil, Adulta

Tchê aprochega!!! Vai ser um baita evento!

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Diretriz do XXVII Tchêncontro Estadual da Juventude Gaúcha


MOVIMENTO TRADICIONALISTA GAÚCHO - MTG 
VICE-PRESIDÊNCIA DE CULTURA 
DEPARTAMENTO JOVEM CENTRAL 
XXVII TCHÊNCONTRO ESTADUAL DA JUVENTUDE GAÚCHA 

DATA: 
07 de outubro de 2017 

LOCAL: 
Parque Municipal de Exposições Olmiro Calai – Rua Padre Dionisio Basso, Bairro Hortêncio – Giruá – RS 

TEMA: 
“Resgatando e Homenageando os Legados de 47 e do Grupo dos 8” OBJETIVO: Resgatar de forma criativa a história da juventude que teve sua identidade cultural ameaçada e que criou espaço para reviver suas origens. “A nossa história de vida, que teve início em 1947 com a iniciativa do Paixão Côrtes de criar a Ronda Gaúcha para comemorar a data de 20 de setembro, tem nestes dois momentos os pontos marcantes da nossa caminhada, o Grupo dos “8” e dois dias após, a retirada da Centelha do fogo da Pátria criando a primeira Chama Crioula, isso tudo a 70 anos comemorados neste 2017. Essa nossa história é de conhecimento público dos tradicionalistas atuantes, através dos livros, das palestras dos cursos etc., porem como o nosso próprio nome diz, somos um movimento, e estamos constantemente renovando nosso adeptos e seguidores, e não podemos nunca deixar de repassar e mostrar como tudo começou, pois o que nos guia e nos dá as forças necessárias para sobrevivermos ao longo destes 70 anos, é justamente os ideais e as convicções daqueles que começaram tudo, seus pensamentos, seus objetivos, seus sonhos, esses são os verdadeiros valores que movem esse Movimento e não podem nunca ser esquecidos”
(Hélio Ferreira, autor da proposição do Tema Anual do MTG para 2017). 

PROPOSTA: 
- Que os atuais jovens tradicionalistas, prestem uma homenagem aos jovens tradicionalistas de 1947, relembrando sua trajetória e como tudo começou. 
- Que cada RT busque fortalecer e mostrar os ideais e o legado deixados para os jovens, setenta anos depois. 

PÚBLICO ALVO: 
- Prendas Adultas, Juvenis, Mirins, Peões, Guris e Piás, Regionais e de Entidades.
- Simpatizantes do Movimento Tradicionalista Gaúcho e comunidade.
- Tradicionalistas em geral.

DESENVOLVIMENTO: 
O Departamento Jovem de cada região, juntamente com o Departamento Cultural, prendas e peões realizarão uma pesquisa sobre o tema apresentado, a qual deverá ser entregue por e-mail juntamente com as inscrições. 
Através das prendas e peões, organizarão uma apresentação cultural ou artística, de forma criativa, de acordo com o tema proposto. No início da apresentação, deverão apresentar um breve relato demonstrando o que foi pesquisado e justificando o que será apresentado. 
A ordem de apresentação será definida no dia do evento, através de sorteio. 

NÚMERO DE PARTICIPANTES: 
O número de participantes na apresentação da atividade no Tchêncontro fica limitado em até 30 (trinta) participantes por Região Tradicionalista. 

INSCRIÇÕES:
Não haverá limite para o número de inscritos por Região Tradicionalista. As inscrições deverão ser realizadas através do site, na página do MTG, no período de 15 a 30 de setembro de 2017. 
Não haverão inscrições no local do evento. 
Certificados serão entregues posteriormente. 

PESQUISA:
A pesquisa deverá ser encaminhada sob a responsabilidade dos Departamentos Jovens e com o apoio dos Diretores Culturais Regionais, ao Departamento Jovem Central, diretamente ao e-mail kelvynkrug@gmail.com , com cópia para o e-mail iararott@hotmail.com , impreterivelmente até o dia 30/09/2017.

CONTROLE DE PARTICIPAÇÃO:
Será necessário que cada participante confirme sua inscrição antes do início do evento.
No transcorrer do evento serão realizadas chamadas das Regiões Tradicionalistas participantes bem como de participantes de forma individual, portanto, será necessária a presença de todos, assistindo as demais apresentações. 

PROGRAMAÇÃO:
8h – Recepção e credenciamento 
9h – Abertura Oficial 
9h30min – Início das atividades 
12h – Intervalo para o almoço 
13h30min – Reinício das atividades 
16h30min – Encerramento

TEMPO DE APRESENTAÇÃO:
 As apresentações poderão chegar a 10 minutos. 
Será tolerado o máximo de 5 minutos entre cada apresentação para a devida organização. 

CONSIDERAÇÕES GERAIS:
As Regiões Tradicionalistas deverão utilizar-se de criatividade para realizar a apresentação, a qual poderá ser em forma de encenação, vídeos, apresentação artística, número musical, etc. Todos participantes envolvidos deverão estar pilchados corretamente, permitidos trajes folclóricos no momento da representação. 
É responsabilidade do MTG e da Comissão Organizadora do evento, a disponibilização do espaço físico (palco) e da sonorização, para as apresentações das Regiões Tradicionalistas. 
É responsabilidade das Regiões Tradicionalistas a montagem e desmontagem de acessórios de palco que serão utilizados em suas apresentações.
Cada Região Tradicionalista deverá informar até o dia 15/09/2017 se irá utilizar algum recurso, como telões, para que o MTG e a Comissão Organizadora tenham tempo hábil para disponibilizar estes materiais. 
Não haverá avaliação dos trabalhos apresentados, somente a emissão de um parecer. A entrega de certificados aos participantes será em data posterior para todos aqueles que confirmarem a presença no evento. 

INFORMAÇÕES: 
Departamento Jovem – e-mail:kelvynkrug@gmail.com 
Vice-Presidência de Cultura – anyluiz@hotmail.com 
Diretor do Departamento Jovem
Diretora de Cultura Interna MTG – iararott@hotmail.com 
Secretaria MTG – secretaria@mtg.com.br 

Porto Alegre, 01 de Maio de 2017. 
Anijane Luiz dos Santos Varella
Vice-Presidente de Cultura do MTG/RS 

KelvynKrug
Diretor do Departamento Jovem do MTG/RS 


Diretriz da 18ª Mostra de Arte e Tradição Gaúcha


MOVIMENTO TRADICIONALISTA GAÚCHO - MTG 
COORDENAÇÃO DE CULTURA INTERNA 
18ª MOSTRA DE ARTE E TRADIÇÃO GAÚCHA 
(Evento paralelo ao ENART 2017) 

DIRETRIZES 

A 18ª MOSTRA DE ARTE E TRADIÇÃO GAÚCHA, tem como objetivo a exposição e a divulgação das pesquisas e atividades culturais desenvolvidas pelas Prendas e Peões coordenados pelos Departamentos Culturais das trinta Regiões Tradicionalistas do MTG, sob a responsabilidade da Coordenação Cultural Interna do MTG, das Prendas e Peões Estaduais, com a participação efetiva dos Departamentos Culturais Regionais. 

TEMA: “Resgatando e Homenageando os Legados de 47 – RESGATE DA HISTÓRIA DA CHAMA CRIOULA EM SUA REGIAO TRADICIONALISTA” 

1. OBJETIVO: 
Desenvolver ações que visem conhecer, resgatar e valorizar a história da Chama Crioula, em cada uma das 30 Região Tradicionalista de nosso Estado. 

2. JUSTIFICATIVA: 
A partir dos feitos de 1947, realizados pelos jovens que integraram o chamado Grupo dos Oito, os quais retiraram uma Centelha da chama do “Fogo Simbólico da Pátria” para transformá-la em “Chama Crioula”, como um símbolo da união indissolúvel do Rio Grande à Pátria Mãe, e do desejo de que a mesma aqueça o coração de todos os gaúchos e brasileiros até o dia 20 de setembro, relembrar e homenageá-los através destes legados, relembrando os fatos e atos do nosso nascedouro e mostrar para todos os tradicionalistas, como iniciou o movimento organizado e a história da chama crioula em cada região.

3. PÚBLICO ALVO: 
Tradicionalistas participantes do Enart Simpatizantes do Movimento Tradicionalista Gaúcho Comunidade em Geral Prendas adultas, juvenis, mirins, peões, guris e piás regionais e de entidades. 

4. DESENVOLVIMENTO: 
4.1 – Atividades realizadas pelas prendas adultas, juvenis, mirins, peões, guris e piás regionais e de entidades. Realizar uma exposição resgatando a história da chama crioula em sua região tradicionalista. Realizar um trabalho escrito relativo á exposição apresentada, a qual deverá ser enviado previamente para o e-mail iararott@hotmail.com. 
4.2 - Atividade realizadas pelas prendas e peões estaduais: Realizar uma apresentação musical homenageando os legados de 47 e os 70 anos da chama crioula. 

5. PROGRAMAÇÃO: 
Sábado dia 18 de novembro de 2017 
9h as 11h – Organização e montagem da mostra 
15h30min – Abertura oficial 
16h – Início das exposições e visitação do público aos stands
20h - Encerramento 

6. INSCRIÇÕES: 
Cada Região Tradicionalista poderá utilizar durante a mostra: 
- As prendas regionais (mirins, juvenis e adultas) e peões (peão, guri e piá).
- Prendas (mirins, juvenil e adulta) e peões (peão, guri, piá), das entidades filiadas.
- Cada Região Tradicionalista poderá inscrever até 25 participantes, mais o diretor(a) cultural. 
Todos os inscritos terão o direito as credenciais e aos certificados.
- A data limite das inscrições é até 10 de novembro de 2017, ocasião em que deverão ser enviada a relação dos participantes juntamente com uma cópia da pesquisa (por e-mail), diretamente para o e-mail iararott@hotmail.com.
- Na relação entregue deverá constar o nome completo e correto de cada participante, nome da entidade e número do Cartão Tradicionalista e ou RG. 

7. CONTROLE DE PARTICIPAÇÃO: 
- Cada participante deverá permanecer na Mostra, de acordo com a escala realizada pelo Departamento Cultural da Região, cabendo a cada Diretor Cultural a responsabilidade do controle, bem como a entrega dos certificados fornecidos pelo MTG, conforme relação encaminhada até o dia 10 de novembro. 
- Os certificados serão entregues posteriormente ao Diretor Cultural ou Coordenador Regional de acordo com a confirmação de assinatura na lista de presenças. 

8. LOCAL: 
Parque da Oktoberfest em Santa Cruz do Sul (Pavilhão a ser identificado) 

9. DISPOSIÇÕES GERAIS: 
- Será de responsabilidade do MTG, a organização do espaço físico para a exposição dos trabalhos que serão expostos pelas regiões. 
- Será disponibilizado, para cada região, um espaço previamente definido. Os espaços serão padronizados, medindo 2 metros de largura (profundidade) por 3 metros de comprimento cada um. Portanto as exposições devem se limitar a eles. 
- A organização, a montagem e a guarda de cada espaço da exposição são de responsabilidade da coordenadoria regional, através das prendas e peões e do Departamento Cultural das Regiões, assim como o material que será utilizado para a exposição.
- A coleta e retirada do material necessário para a realização da Mostra são de responsabilidade das prendas e peões regionais, com o apoio da coordenadoria regional, através de seu departamento regional. 
- Em nenhum momento os espaços (stands), da mostra poderão ficar sem a presença de no mínimo dois inscritos pela coordenadoria.
- Todas as Regiões Tradicionalistas que apresentarem seus trabalhos, receberão um troféu de participação. 

Porto Alegre, 06 de maio de 2017
Anijane Luiz dos Santos Varella 
Vice-Presidente de Cultura

Nairioli Callegaro 
Presidente 

Iara Vanice Rott 
Diretora de Cultura Interna 

Para Estudar - Questões de Prova - Parte 17


PROVA ESCRITA 48ª CIRANDA CULTURAL DE PRENDAS
CATEGORIA JUVENIL – FASE REGIONAL
1ª PARTE: TRADIÇÃO, TRADICIONALISMO E FOLCLORE

01. A Ronda Gaúcha, que foi organizada pelo Departamento Estudantil do Colégio Julio de Castilhos, foi a precursora da Semana Farroupilha. Ela ocorreu:
a - De 14 a 20 de setembro de 1948, no 35 CTG
b - De 07 a 20 de setembro de 1947, nas dependências do Colégio
c - De 14 a 20 de setembro de 1948, no saguão do Colégio
d - De 08 a 21 de setembro de 1947, no Parque da Redenção

02. O Patrono do Tradicionalismo Gaúcho, João Cezimbra Jacques, foi escolhido no:
a - 6º Congresso Tradicionalista, em Cachoeira do Sul, 1959
b - 8º Congresso Tradicionalista, em Taquara, 1961
c - 12º Congresso Tradicionalista, em Tramandaí, 1966
d - 36º Congresso Tradicionalista, em Julio de Castilhos, 1991

03. Quanto as Diretrizes para a Pilcha Gaúcha, todas as afirmações abaixo estão corretas, EXCETO:
a - O pala é de uso opcional, deve ter abertura na gola, podendo ser usado no ombro, a meia-espalda, atado da direita para a esquerda, com todos os trajes.
b - As esporas são usadas nas lides campeiras, mas o uso é admissível nas representações coreográficas de danças tradicionais.
c - O uso do colete é dispensável quando o peão usar o paletó. O modelo do colete admite gola, com uma única carreira de botões na frente. Pode ser de qualquer cor.
d - O uso de favos nas bombachas depende da tradição regional, sendo vedada a utilização de bombachas plissadas.

04. Das afirmações abaixo todas estão corretas, EXCETO:
a - Compete ao Conselho Diretor criar e extinguir Regiões Tradicionalistas
b - O Conselho Diretor e a Junta Fiscal são órgãos administrativos do MTG
c - As reuniões da Convenção Tradicionalista são dirigidas pelo Presidente do MTG
d - O Conselho de Vaqueanos é um órgão de assessoramento da administração do MTG

05. Quanto ao Brasão de Armas do Tradicionalismo é correto afirmar:
a - O tronco representa o culto às nossas matas e à natureza do RS
b - O cavalo representa a liberdade e é o traço de união entre os povos
c - O mate simboliza o respeito às gerações
d - A cor azul representa a coerência e a harmonia entre os CTGs

06. "Quem quiser saber meu nome, dê uma volta no jardim. Que meu nome está escrito numa folha de jasmin". A esses dizeres chamamos de:
a - Trava língua
b - Ditado
c - Parlenda
d - Quadrinha

07. A literatura regionalista gaúcha é feita por autores eruditos sobre o gaúcho, seus usos e costumes. A obra "Os Guaxos" (1959) é de autoria de:
a - Érico Veríssimo
b - Dante de Laytano
c - Luiz Carlos Barbosa Lessa
d - Antonio Augusto Fagundes

08. A frase "Aquentar água pra outro mate" significa:
a - Preparar um negócio pra outra pessoa colher os frutos
b - Um fato que nunca se realiza
c - Atirar fora os primeiros sorvos do mate
d - O último mate com que se brinda um visitante

09. Conforme a crendice popular, a primeira moça que se banhar com a água do banho da noiva _______________. Complete a frase:
a - Dará azar a noiva
b - Choverá no seu casamento
c - Não casará nunca
d - Casará em seguida e será muito feliz

10. Embora apareça com denominações diversas, o tema gira sempre sobre o boi que morre e ressuscita, graças a intervenção do "doutor" ou "pajé". Estamos falando:
a - Das Cavalhadas
b - Do Bumba-meu-boi
c - Do Terno de Reis
d - Da Folia do Divino

11. O autor da tese "O Sentido e o Valor do Tradicionalismo" é:
a - Paixão Cortes
b - Barbosa Lessa
c - Jarbas Lima
d - Glaucus Saraiva

12. São contribuições dos italianos à culinária gaúcha:
a - Carne de Porco e Cuca
b - Arroz Carreteiro e Espinhaço de ovelha ensopado
c - Brodo e Panetone
d - Mocotó e Pães de Milho

13. Em 24 de abril de 1948, funda-se o 35 CTG. Sobre ele é correto afirmar:
a - Seu primeiro Patrão foi Cyro Dutra Ferreira
b - Desde a primeira reunião houve participação da mulher
c - Sua fundação foi antes do Grêmio Gaúcho de Porto Alegre
d - A sede inicial foi no porão da família Simch

14. A haste, ponteira e coador são partes da:
a - Cuia
b - Bomba
c - Cambona
d - Chaleira

15. A lei 12.992 de 13 de junho de 2008, reconheceu como Escultura Símbolo do Rio Grande do Sul:
a - A Estátua do Laçador
b - A Ponte do Guaíba
c - O Monumento aos Açorianos
d -A Ponte de Pedra

2ª PARTE: HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO SUL E DO BRASIL

16. Grupo indígena que ocupava a margem leste do Rio Uruguai, das serras e das planícies litorâneas. Eram o grupo mais numeroso e seminômades. Os homens se dedicavam à caça e a pesca, enquanto as mulheres de dedicavam a agricultura.
a - Guaianas 
b - Guaranis
c - Gês
d - Pampeanos

17. A primeira Redução Jesuítica, fundada na margem esquerda do Rio Uruguai pelo Padre Roque Gonzales, foi:
a - São João Batista, em 1628
b - São Tomé, em 1632
c - São Nicolau, em 1626
d - Santo Ângelo, em 1636

18. Em 1682 os padres jesuítas retornaram ao Rio Grande do Sul e iniciaram a construção dos Sete Povos das Missões. Em 1983 as ruínas de um desses povoados são reconhecidas como Patrimônio da Humanidade. Esta Missão chamava-se:
a - São Nicolau
b - São Luiz Gonzaga
c - Santo Ângelo Custódio
d - São Miguel Arcanjo

19. Em 1750 foi assinado o Tratado de Madrid, entre Espanha e Portugal, o qual determinava:
a - Que os Portugueses dariam aos espanhóis a Colônia do Sacramento e receberiam em troca os Sete Povos das Missões
b - Restitui o poder da Colônia do Sacramento aos Portugueses
c - A anulação do Tratado de El Pardo
d - A criação da província de São Pedro

20. Área de terra na qual nem espanhóis nem portugueses poderiam instalar vilarejos ou fortificações:
a - Vacaria do Mar
b - Campos Neutrais
c - Morro dos Conventos
d - Vacaria dos Pinhais

21. Ano em que ocorreu a abolição dos negros no RS:
a - 1884
b - 1888
c - 1889
d - 1788

22. A primeira fase do Movimento Farroupilha, que contou com o apoio de todas as correntes liberais, desenvolveu-se de 20/09/1835 a 11/09/1836, e caracterizou-se:
a - Pela deposição do Presidente Braga e pelo governo do Vice-Presidente Marciano Pereira Ribeiro
b - Pela fundação da capital Caçapava e a primeira Constituição Republicana
c - Manutenção de representantes diplomáticos no Prata e eleição de Gomes Jardim
d - Tomada do Porto de Laguna, em Santa Catarina

23. Durante a Guerra dos Farrapos a República Rio-Grandense teve 3 capitais, que foram, em ordem cronológica:
a - Piratini, Porto Alegre e Alegrete
b - Caçapava, Alegrete e Piratini
c - Piratini, Caçapava e Alegrete
d - Rio Pardo, Piratini e Alegrete

24. O Tratado de Paz assinado que pôs fim a Revolução Farroupilha foi assinado pelos farrapos em:
a - 11 de setembro de 1836, as margens do Rio Santa Maria
b - 30 de abril de 1838, em Rio Pardo
c - 29 de julho de 1939, em Laguna
d - 28 de fevereiro de 1845, em Ponche Verde

25. A Revolução Federalista no RS, que colocou em confronto os Maragatos e os Pica-Paus aconteceu no período em que _________________ era Presidente do Estado.
a - Borges de Medeiros
b - Osvaldo Aranha
c - Gaspar Martins
d - Julio de Castilhos

3ª PARTE: GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL

26. Ponto extremo do Rio Grande do Sul, ao sul:
a - Foz do Rio Mampituba
b - Barra do Rio Quaraí, junto ao Rio Uruguai
c - Uma das curvas do Rio Uruguai
d - Curva da Baleia do Arroio Chuí

27. Vegetação do RS formada por mangues e restingas:
a - Mata dos Pinhais
b - Vegetação Litorânea
c - Campos
d - Mata da Galeria

28. O Rio Grande do Sul ocupa _________________ do território brasileiro e seus limites territoriais são _______________.
a - O extremo sul - o Uruguai ao norte, o Estado de SC ao sul, a Argentina ao leste, e e Oceano Atlântico a oeste
b - O extremo norte - o Estado de SC ao norte, o Paraguai ao sul, o Oceano Pacífico a leste, e a Argentina a oeste
c - O extremo sul - o Estado de SC ao norte, o Uruguai ao Sul, o Oceano Atlântico a leste e Argentina a oeste
d - O sudeste - o Estado de SC ao norte, o Uruguai ao Sul, o Oceano Atlântico a leste e Argentina a oeste

29. O Rio Grande do Sul é o segundo maior produtor nacional de maçã, destacando-se os municípios de:
a - Vacaria e Muitos Capões
b - São Borja e Alegrete
c - Lagoa Vermelha e Passo Fundo
d - Bento Gonçalves e Lavras do Sul

30. Única ilha oceânica do Estado, localizada no município de Torres:
a - Ilha das Flores
b - Ilha dos Lobos
c - Ilha dos Guarás
d - Ilha dos Marinheiros

Gabarito
1 - b, 2 - a, 3 - c, 4 - a, 5 - b, 6 - d, 7 - c, 8 - a, 9 - d, 10 - b, 11 - b, 12 - c, 13 - d, 14 - b, 15 - a, 16 - b, 17 - c,  18 - d, 19 - a, 20 - b, 21 - a, 22 - a, 23 - c, 24 - d, 25 - d, 26 - d, 27 - b, 28 - c, 29 - a, 30 - b

terça-feira, 27 de junho de 2017

Lançada 3ª edição do Prêmio MTG de Jornalismo


O Movimento Tradicionalista Gaúcho anunciou nesta semana a realização da terceira edição do Prêmio MTG de Jornalismo. A iniciativa tem por objetivo reconhecer o papel da imprensa e seu compromisso com a história, cultura e folclore do Rio Grande do Sul, nas categorias Profissional e Universitário.

Poderão concorrer trabalhos jornalísticos veiculados em TVs, jornais, revistas, rádios, sites, blogs e fanpages, que se destaquem por ineditismo e/ou originalidade da abordagem do tradicionalismo gaúcho; pela consistência na divulgação e cobertura dos fatos tradicionalistas; capacidade de traduzir os fatos tradicionalistas para o leitor; pela contribuição para preservação da memória do tradicionalismo gaúcho; e contribuição para uma reflexão sobre a figura folclórica e simbologia do gaúcho.

Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, a imprensa é grande parceira da entidade na divulgação da pauta tradicionalista e a realização do Prêmio não é apenas uma forma de reconhecer, mas também de agradecer pelo trabalho desenvolvido.

Mais informações serão divulgadas em breve. 

Fonte: MTG

Ciranda e Entrevero da 19ª RT - Fotos

Bom dia amigos!!!

Recebi com muito carinho um pedido especial da 19ª Região Tradicionalista, para que eu publicasse várias fotos do Concurso Regional que me foram enviadas por eles.

Pedido feito, pedido realizado!
O desejo de vocês, leitores, é uma ordem!!!

Agora vamos conferir vários registros da Ciranda de Prendas e do Entrevero de Peões da 19ª RT:







































Parabéns à nova gestão! Que tenham um ano de muito trabalho e dedicação em prol do nosso Movimento! Sucesso sempre!!! 

Um forte abraço... e até logo ;)

Para Estudar - Questões de Prova - Parte 16


PROVA ESCRITA 30º ENTREVERO CULTURAL DE PEÕES
CATEGORIA PIÁ – FASE REGIONAL
1ª PARTE: TRADIÇÃO, TRADICIONALISMO E FOLCLORE

01. O Santo guardião das chaves, porteiro do céu e padroeiro do Rio Grande do Sul é:
a - São João
b - São Pedro
c - Santo Antônio
d - São Paulo

02. O tema dos festejos da Semana Farroupilha em 2017 é:
a - Eu Sou do Sul
b - Farroupilhas: idealistas, revolucionários e fazedores de histórias
c - República das Carretas
d - O Rio Grande do Sul no imaginário social

03. "Quero dar sombra, muita sombra. Quero ser o símbolo da hospitalidade, o abrigo do homem cansado...". Este dizer refere-se a lenda do _________.
a - Umbu
b - Jacarandá
c - Pinheiro
d - Espinilho

04. A lei estadual que estabelece a comida típica do nosso Estado é a mesma que define o Chimarrão como bebida típica. Esta lei também define o dia 24 de abril como data a ser comemorada a cada ano, a esta comida. Estamos falando do:
a - Arroz de Carreteiro
b - Churrasco
c - Charque
d - Doce de abóbora

05. O atual presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho é:
a - Manoelito Carlos Savaris
b - Nairoli Antunes Calegaro
c - João Carlos Paixão Cortes
d - Oscar Fernande Gress

06. "Agora que estamos juntinho, dá cá um abraço e um beijinho". Este verso é da dança tradicional ______________ que tem sua origem na ____________________.
a - Chimarrita - Ilha dos Açores
b - Maçanico - Itália
c - Pezinho - Ilha dos Açores
d - Meia-Canha - Alemanha

07. Imigrantes que vieram ao Rio Grande do Sul e não dançavam porque o padre dizia que o baile era coisa do diabo, mas cantavam em todas as suas festas. Estamos falando dos imigrantes:
a - Portugueses
b - Alemães
c - Espanhóis
d - Italianos

08. O chimarrão é a bebida símbolo do Rio Grande do Sul. Das alternativas abaixo, apenas uma está correta:
a - Os índios não conheciam a erva mate
b - A cuia mais comum é a de madeira
c - O cevador é aquele que toma o último mate
d - Ceva-se o mate sempre do lado esquerdo usando a palma da mão para apertar a erva

09. No vocabulário regional, a palavra SINUELO é o mesmo que:
a - Rebenque usado em corridas
b - Animal manso que serve de guia
c - Espora pequena
d - Animal sem dono

10. Documento aprovado no 8º Congresso Tradicionalista na cidade de Taquara que fixa os objetivos do Movimento Tradicionalista Gaúcho.
a - Plano de Vaqueanos
b - Tese: O Sentido e o Valor do Tradicionalismo
c - Carta de Princípios
d - Os Valores Morais do Gaúcho

2ª PARTE: HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO SUL

11. De todos os índios do Rio Grande do Sul, os que mais se dedicaram a agricultura e a cestaria (uso de fibras vegetais) foram os:
a - Pampianos
b - Gês
c - Guaranis
d - Carijós

12. Grupo indígena que habitava a margem leste do Rio Uruguai, das serras e das planícies litorâneas, e formavam o grupo mais numeroso. Eram seminômades. Estamos falando dos:
a - Guaranis
b - Gês
c - Pampianos
d - Botocudos

13. O gado foi introduzido no Rio Grande do Sul em 1634 por:
a - Sepé Tiarajú
b - Padre Roque Gonzales
c - Padre Antonio Sepp
d - Padre Cristóvão de Mendonça

14. A primeira redução jesuítica fundada, pelo Padre Francisco Garcia, foi:
a - Santo Ângelo
b - São Francisco de Borja
c - São Nicolau
d - São Lourenço Mártir

15. A primeira ocupação definitiva dos portugueses, no território gaúcho, aconteceu com a construção do Forte Jesus-Maria-José, pelo _____________________.
a - Padre Antônio Sepp
b - José Borges do Canto
c - Brigadeiro Silva Paes
d - Padre Roque Gonzales

16. No dia 13 de janeiro de 1750 foi assinado um Tratado entre Portugal e Espanha. Este Tratado foi o _____________.
a - Tratado de Madri
b - Tratado de Paz
c - Tratado de Santo Ildefonso
d - Tratado Uruguaio

17. A paz na Revolução Farroupilha foi assinada na localidade conhecida por:
a - Campo dos Bugres em Dom Pedrito
b - Campos da Carolina em Hulha Negra
c - Campos de Ponche Verde em Dom Pedrito
d - Campos do Seival em Porto Alegre

18. O líder dos índios na Guerra Guaranítica foi:
a - Nicolau Vergueiro
b - Sepé Tiaraju
c - Roque Gonzales
d - Padre Antonio Sepp

19. A segunda capital da República Rio Grandense foi:
a - Porto Alegre
b - Caçapava
c - Alegrete
d - Piratini

20. O Hino Rio Grandense foi criado durante a Revolução Farroupilha na cidade de:
a - Laguna
b - Piratini
c - Rio Pardo
d - Porto Alegre

3ª PARTE: GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL

21. Observe o mapa abaixo e responda:


O Estado do Rio Grande do Sul limita-se ao norte com _____________ e ao leste com ___________.
a - Uruguai - Oceano Atlântico
b - Uruguai - Santa Catarina
c - Santa Catarina - Oceano Atlântico
d - Argentina - Santa Catarina

22. No mapa abaixo a parte pintada em vermelho corresponde a que parte do nosso relevo?


a - Escudo Sul-Rio-Grandense
b - Depressão Central
c - Planície Costeira
d - Planalto Meridional

23. O Pólo Petroquímico, considerado o mais moderno e competitivo da América Latina, está localizado no município de:
a - Porto Alegre
b - Triunfo
c - Novo Hamburgo
d - Camaquã

24. Em relação a vegetação do nosso Estado, podemos afirmar que a ________________ é a floresta predominante.
a - Mata dos Pinhais
b - Mata Subtropical
c - Mata de Galeria
d -Vegetação Litorânea

25. Os ventos influenciam no clima. O vento frio de origem polar que acomete o nosso Estado é chamado de:
a - Pororoca
b - Norte
c - Cortante
d - Minuano

Gabarito
1 - b, 2 - b, 3 - a, 4 - b, 5 - b, 6 - c, 7 - d, 8 - d, 9 - b, 10 - c, 11 - b, 12 - a, 13 - d, 14 - b, 15 - c, 16 - a, 17 - c, 18 - b, 19 - b, 20 - c, 21 - c, 22 - a, 23 - b, 24 - b, 25 - d